Guia Trabalhista - Home Page Como Funciona Obras Eletrônicas Cadastre-se Downloads

Tamanho do Texto + | tamanho do texto -

ANO NOVO - VIDA VELHA? DEPENDE DE VOCÊ!

Sergio Ferreira Pantaleão

Mais um ano se finda e mais uma vez a ideia da reflexão sobre o ano que passou se repete em nosso pensamento para, reavaliando nossas ações e omissões, planejarmos o novo ano que começa estabelecendo novas metas ou até repetindo-as por não as termos cumprido.

O famoso jargão "Ano Novo - Vida Nova" é uma afirmação que é dita, muitas vezes, apenas da "boca pra fora", sem avaliar as consequências nas nossas atitudes como agentes transformadores para que esta frase se torne uma realidade.

Há quem apenas repete várias ações supersticiosas como se, por um milagre e sem tomar qualquer atitude, a vida fosse se transformar de um ano para outro. Tenha certeza de que o que irá mudar no próximo ano não dependerá da cor da sua roupa, do que você irá comer (uvas, lentilhas, peru e etc.), dos trinta pulinhos na areia, do que irá ou não jogar no mar, enfim, de uma infinidade de ações que, sem mudança interior, serão meras repetições que acontecem ao longo dos anos que transformam o famoso jargão em "Ano Novo - Vida Velha".

Lembre-se que o que realmente faz mudar, transformar e "ser novo" não é o que vem de fora, mas de quem você escolherá ser por dentro. É preciso descartar as atitudes e os pensamentos negativos que não deixam você fazer ou realizar aquilo que realmente necessita para se transformar. Não basta ter "boas intenções" é preciso motivAÇÃO para que estas intenções se tornem realidade.

Imaginar o que se quer para o próximo ano é importante, mas fazer uma lista das metas com as respectivas ações para se atingir cada meta, ou seja, dar "corpo" ao seus anseios é essencial. E não pense que a lista deve ser guardada num cofre especial ou na pasta de arquivos "importantes" de seu computador e esperar que "alguém" a faça se concretizar.

Também não seja irresponsável encontrando "desculpas" por não atingir determinada meta por conta de dificuldades inesperadas que possam ocorrer ao longo dos próximos 12 meses. Dentro de uma razoabilidade, reorganize sua agenda, se abstenha de diversões, festas, jantares e outras atividades de lazer que possam interferir no atingimento de sua meta. Lembre-se, é preciso motivAÇÃO para uma Vida Nova.

Talvez você tenha perdido seu filho, sua esposa, seu marido, sua mãe, seu pai, seu irmão, um amigo ou amiga por quem estimava muito, mas devo afirmar que também não é motivo para dizer que já não tem mais forças. Não se trata de ser insensível, mas a vida continua e tenha certeza que seu ente querido quer que você se cuide e mais que isso, viva plenamente seus momentos, pois assim ele o faria se estivesse em seu lugar.

A lista e as ações ali dispostas devem ser revistas frequentemente a fim de que aquele momento de introspecção que você teve no início do ano seja revivenciado sempre que necessário, de modo que você, como gestor de suas metas, possa se cobrar constantemente do que fez ou deixou de fazer, readequando as tarefas à realidade que está vivendo. Se manter na mesmice significa trabalhar (ou se estagnar) para manter a mesma vida que tinha no ano anterior.

Não precisa transformar sua vida totalmente em um ano. Chegar a Gerente, comprar seu carro ou sua casa, conquistar seu diploma na faculdade ou montar seu próprio negócio são metas que demandam tempo e que não se pode atingir de uma hora para outra. Mas cada uma dessas metas está diretamente ligada a pequenas metas intermediárias e que aí sim, precisam ser iniciadas.

Fazer um curso indicado pela empresa ou por conta própria, iniciar o pagamento de um consórcio, prestar o vestibular ou fazer pesquisa de mercado e conhecer profundamente a área que deseja atuar, respectivamente, são iniciativas que não podem ser postergadas, para que as metas maiores sejam alcançadas.

Poucas metas, mas com possibilidade de realização é mais importante do que muitas metas sem planejamento. Pense nisso como forma de encorajamento para os anos que virão, pois se você estabelece 2 ou 3 metas e as atinge durante o ano, você passa a acreditar que é possível estabelecer novas metas a cada ano. Com base na sua realidade seja prudente ao estabelecer seus objetivos, mas AJA como um GIGANTE para atingi-los.

Nestes tempos de festividades encontramos pessoas que há anos não víamos e com certeza, você deve ter conversado com um amigo, primo ou colega que parece ter acertado na loteria, com uma situação econômica e pessoal bem diferente daquela que você conhecia. Fazer uma análise crítica do que ele fez, das atitudes que tomou pode ser um grande aliado para você também chegar lá. Poderá perceber que ele venceu muitas barreiras e preconceitos internos que todos temos como o medo, a inveja, a preguiça, a timidez, o apego, enfim, paradigmas que precisam ser trabalhados e superados por cada um.

A mudança de setor, de empresa, de cidade, de estado ou de um país pode ser o que falta para trazer esta "Nova Vida" que tanto almejamos. Às vezes uma situação aparentemente confortável nos torna acomodados e "fechados" para novos horizontes. O medo pode ser a principal barreira para esta mudança, mas ao mesmo tempo é nosso principal aliado para que nossas atitudes sejam as mais planejadas possíveis. Sempre o teremos, mas não podemos deixar que tome conta de nossas ações. Vencê-lo significa abrir portas e fazer dos novos desafios consequentes conquistas.

Ainda há tempo, não se desanime pensando que seu momento já passou, é você quem deve controlar o seu tempo. Encontre um lugar calmo onde possa repensar o ano que passou, analise quais foram suas fraquezas, onde deveria agir e não o fez, mas não se auto condene, apenas observe e busque tirar ensinamentos que poderão ser fontes de informações, experiências e principalmente, de força para enfrentar e superar novos desafios. São eles quem nos mantém vivos e não nós que vivemos para superá-los.


Sergio Ferreira Pantaleão é Advogado, Administrador, responsável técnico pelo Guia Trabalhista e autor de obras na área trabalhista e Previdenciária.

Atualizado em 09/01/2015


Como conseguir aumento de salário? Dar a volta por cima em sua carreira profissional? Obter crescimento contínuo na sua remuneração? Como obter novo emprego? O que você está esperando? Adquira já esta obra e eleve sua carreira às alturas! Clique aqui para mais informações.


Guia Trabalhista | CLT | Rotinas Trabalhistas | CIPA | PPP | Auditoria Trabalhista | Prevenção Riscos Trabalhistas | Terceirização | RPS | Modelos Contratos | Gestão RH | Recrutamento e Seleção | Segurança e Saúde | Cálculos Trabalhistas | Cargos e Salários | PLR | Direito Previdenciário | Departamento Pessoal | Direitos Trabalhistas | Boletim Trabalhista | Publicações | Simples Nacional | Contabilidade | Tributação | Normas Legais | Publicações Jurídicas